Como superar consequências educacionais pós-pandemia

Como superar as consequências educacionais pós-pandemia?

Segundo um relatório da organização Todos Pela Educação, o número de crianças e adolescentes fora da escola no segundo trimestre de 2021 aumentou 171% em comparação a 20191.

Esse número contempla somente aqueles estudantes que não tiveram acesso às aulas remotas, mas e os outros que não conseguiram estabelecer uma rotina em casa, ou que dormiam enquanto os professores falavam em frente às câmeras desligadas? 

Portante, será que realmente aprenderam o suficiente?

O que houve durante a Pandemia trouxe prejuízos imensos na aprendizagem, que, infelizmente, serão colhidos por muito tempo.

Por isso, é importante articular tempo e qualidade, para agilizar processos de ensino e recuperar defasagens de aprendizagem.

Políticas públicas que orientam e se desdobram em práticas pedagógicas mais efetivas precisam ser desenvolvidas, mas é possível adotar medidas locais, sem perder a realização de um acolhimento seguro e responsável à comunidade escolar, com foco nos sentimentos e emoções.

Dessa forma, primeiras ações a serem consideradas dizem respeito à organização da rotina escolar em casa. Apesar de parecerem óbvias aos educadores e às famílias melhor estruturadas, podem ser de grande valia aos estudantes. 

Veja algumas dessas medidas:

  1. Ter um espaço adequado para a realização de tarefas;
    Um ambiente silencioso, limpo e organizado pode evitar constantes distrações, além de facilitar o acesso aos materiais. 

  2. Arrumar a mochila com o material com antecedência;
    Lembrar exatamente as aulas que terá no dia em meio a correria é mais difícil do que se organizar antes, por isso, ao terminar de estudar no dia anterior, já se prepare para as aulas do dia seguinte.
  3. Retirar o material que não é mais necessário;
    Evite carregar peso desnecessário, pois além de confundir a sua mente, pode causar problemas físicos.

  4. Ter uma agenda, digital ou física, com todas as atividades anotadas;
    Não confie na sua mente, a sua memória de trabalho guarda poucas informações para serem usadas de imediato. Anote tudo e deixe sua mente para refletir e não para armazenar.

  5. Fazer a tarefa de casa no dia que ela for dada pelo professor – aula dada, aula estudada;
    Um dos primeiros passos para começar a fixar um conteúdo, é revê-lo dentro de 24h após o primeiro contato com ele. 

Transmita cada uma dessas medidas aos seus alunos e ou familiares e veja resultados significativos.

Aqui, vou explicar cada um desses processos ao longo das publicações semanais. Não deixe de se inscrever na NewsLetter para não perder nenhum. 


https://g1.globo.com/educacao/noticia/2021/12/02/evasao-escolar-de-criancas-e-adolescente-aumenta-171percent-na-pandemia-diz-estudo.ghtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode se interessar!