A Educação no século XXI

A Educação no século XXI

Não é segredo que a educação vem sofrendo drásticas alterações, tanto no que diz respeito às formas de ensinar, quanto aos alunos que se encontram em sala de aula. 

O choque causado pelo distanciamento social em função da Pandemia do Covid-19 só adiantou as grandes mudanças que deveriam estar em processamento há muitos anos. A escola, infelizmente, se tornou um lugar de encontro das teorias do século XIX, de professores do século XX e alunos do século XXI.

Por isso, faço uma reflexão, recriando o poema de Carlos Drummond de Andrade, “E agora, José?

A aula acabou, o tempo passou, todo mundo saiu, e agora, José?

E agora, você? Você que viu o a chance de aprender passar pela sua frente, mas alguma coisa atrapalhou:
o mosquitinho
a falta de motivação
a conversa de um amigo
o celular
a aula sem dinâmica da Maria.

Você José, você Maria, na constante procura pelo aprender e pelo ensinar, tentando entender como sair desse lugar de incoerências.

Um lugar para o qual o tempo se esgotou. Tocou o sinal.

Há muito tempo que essa estrutura obsoleta deveria mudar.

Finalmente, dois anos de aulas online assustaram o mundo. Fizeram repensar de forma mais abrupta a posição do aprendiz e do educador.

Ao mesmo tempo que foi aberto um caminho para a uma nova era, com recursos infinitos, prontos para serem usados para o ensino, alunos com muita dificuldade e sem saber como estudar sozinhos ficaram perdidos, sem saber como se organizar, ou como encontrar em casa um ambiente adequado, e professores ficaram implorando por respostas vindas do computador.

E agora, José? Não é só decorar a matéria para a prova?

Não.

É preciso APRENDER A APRENDER e APRENDER A ESTUDAR.

E agora, você? Você pode aprender tudo isso comigo, é só acompanhar as novas publicações que são enviadas semanalmente no seu e-mail pela Newsletter. É só se inscrever aqui! 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você também pode se interessar!